Bem vindo ao MAEDS

Acaba de entrar em um espaço cultural público onde a sua presença e opinião contam. O MAEDS começa por ser um lugar de memória onde se preserva importante parcela do património cultural móvel da Península de Setúbal e Alentejo Litoral (Distrito de Setúbal). Mas é também um espaço onde se estuda e se divulga esse património e onde se interpretam os vestígios do Passado conservados na paisagem exterior e dispersos pelo território regional.

Ler mais >

 

Esta sexta-feira, 24 de Março, 21h30, MAEDS. Conferência Ciclo Almeida Carvalho. Marque já na sua agenda...

 

 

 

Cancelamento: masterclass "A Escola e o Museu".

Informamos que o evento " MASTERCLASS: A ESCOLA E O MUSEU" previsto para o dia 25 Março foi cancelado devido a um imprevisto.

Agradecemos a vossa compreensão.

 

 

Sextas de Arte e Ciência. 17 de Março, 21h30, MAEDS

 

 

 

Inauguração Vieira da Silva || Gravuras

 

Na inauguração da exposição Vieira da Silva "Gravuras" estiveram presentes cerca de uma centena de pessoas. A abertura ficou a cargo de Joaquina Soares (Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal), Nuno Costa (Presidente da Junta de Freguesia de São Sebastião), Fátima Mourinho (Associação de Municípios da Região de Setúbal) e Paula Santos (Deputada do PCP) que intervieram no sentido da valorização da obra e vida de Maria Helena Vieira da Silva, uma referência incontornável na história da luta da emancipação da Mulher. Foi igualmente afirmado o interesse social de prosseguir a Comemoração do Dia Internacional das Mulheres, até se atingir uma situação de equidade de género. Após estas intervenções, deu-se início a uma visita guiada por Marina Bairrão Ruivo (Fundação Arpad Szenes Vieira da Silva), especialista em Vieira da Silva, que conduziu os visitantes através de um percurso com 35 trabalhos da mais internacionalizada pintora contemporânea portuguesa, terminando com a projecção de um vídeo ilustrativo da vida da artista e das condições concretas em que foi realizando e afirmando a sua obra ímpar. A exposição irá ficar patente ao público até ao final do mês de maio. Visitas gratuitas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Reportagem Fotográfica de: Misé Pê

 

 

Este sábado. A não perder...

 

 

Entrada livre

 

II CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE JOÃO CARLOS

D´ALMEIDA CARVALHO (1817-1897)

 

SOBRE JOÃO CARLOS D’ALMEIDA CARVALHO (1817-1897)

 

Propósito das Comemorações

 

Em 2017 cumprem-se 200 anos sobre o nascimento e 120 anos sobre o falecimento de João Carlos d’Almeida Carvalho, homem de múltiplos interesses e de tenacidade ímpar, que deixou marca indelével na terra que lhe foi berço, ao envolver-se decididamente em projetos que contribuíram para o engrandecimento da terra natal e um dos que mais investigou o passado local.

Projetos herdeiros daquele pioneirismo ainda hoje animam o quotidiano local: casos, em parte, do periódico O Setubalense e da Associação de Socorros Mútuos Setubalense, fundações que muito devem a Almeida Carvalho.

O ciclo comemorativo de 2017 deverá ser, a propósito da evocação do segundo centenário do seu nascimento, uma oportunidade para resgatar do esquecimento tão ilustre setubalense e de, ao mesmo tempo, contribuir-se para o conhecimento informado da Setúbal que hoje habitamos e que é devedora, também, ao labor persistente de importantes figuras, como a do homenageado.

É a memória deste homem ímpar que nos propomos celebrar, incorporando-a no contexto português e setubalense. Tal permitirá superar a mera comemoração do cidadão e da obra (importantíssima) que nos legou tornando possível, deste modo, estudar melhor, conhecer e mais amplamente divulgar a História de Setúbal e de quantos e quantas a construíram, na segunda metade do século XIX.

 

Dados biográficos

 

João Carlos d’Almeida Carvalho nasceu em Setúbal, a 5 de Março de 1817, num prédio da antiga Rua da Praia (atual Av. Luísa Todi). Recebeu o batismo, a 15 de Março do mesmo ano, na já demolida ermida de S. Sebastião que se ergueu junto à ponte da mesma denominação, ao cimo da rua outrora também conhecida pelo nome daquele mártir (hoje Rua Arronches Junqueiro). Foram seus pais António Coelho de Carvalho e Ana Rita e Silva Carvalho. Teve por padrinho o avô materno, João Carlos de Almeida Soares e, por madrinha Nossa Senhora, sob a invocação de “Mãe dos Homens”. A 20 de Junho de 1844, na igreja do extinto Convento dos Paulistas, em Lisboa, casou com sua prima Mariana Inácia Pinto de Carvalho (f.12.5.1884). Desta união nasceriam: Júlia Amélia d’Almeida Carvalho (n. 3.4.1845), Alfredo de Almeida Carvalho (n. 16.2.1847) e Leopoldina Carolina de Almeida Carvalho (n. 8.2.1853). Participou na fundação da Sociedade Arqueológica Lusitana (1849), a primeira instituição científica do género em Portugal e em cujos Anais colaborou ativamente. Em 1855, a 13 de Julho, foi nomeado 2.º oficial taquígrafo (estenógrafo) da Câmara dos Pares (Lisboa).

Como militante do Partido Regenerador, tornou-se o pioneiro do periodismo local ao fundar O Setubalense, publicado entre 1 de Julho de 1855 e 27 de Dezembro de 1857 e cujo título ainda perdura. Pertenceu ao grupo iniciador da primeira agremiação mutualista local, a Associação Setubalense das Classes Laboriosas – grupo posteriormente integrado na ainda existente Associação de Socorros Mútuos Setubalense. Foi, ainda, proprietário e, mais tarde, como autodidata, conseguiria autorização para exercer advocacia. Almeida Carvalho notabilizou-se como incansável investigador e compilador de elementos para uma “História setubalense” que projetava escrever. Deve-se-lhe um precioso conjunto de informações recolhidas em arquivos e bibliotecas nacionais. Destaquem-se os apontamentos conseguidos no Arquivo Municipal de Setúbal, os quais assumem hoje particular importância por ter aquele precioso acervo desaparecido no incêndio que deflagrou no edifício dos Paços do Concelho – onde o dito arquivo se encontrava – na noite de 4 para 5 de Outubro de 1910. João Carlos d’Almeida Carvalho faleceu em Setúbal, aos 29 dias de Março de 1897.

 

Programa das Comemorações

 

Projeto editorial – Publicação de:

– Apontamentos para a vida de João Carlos d’Almeida Carvalho. Notas autobiográficas;

– II Centenário do nascimento de J. C. d’Almeida Carvalho. Textos das Conferências realizadas ao longo das Comemorações;

– Actas de In Memoriam Almeida Carvalho – Encontro de Estudos de Arqueologia e História da Região de Setúbal;

– Publicação mensal durante o ano de 2017, no jornal “O Setubalense”, de uma página com conteúdos relacionados coma vida, a obra e a época de João Carlos d’Almeida Carvalho e a História de Setúbal, até finais do século XIX;

– Exposição biobibliográfica sobre João Carlos d’Almeida Carvalho;

– Outras atividades a anunciar oportunamente.

 

Divulgação da obra

 

11 DE MARÇO, SÁBADO, 16H30 - SALÃO NOBRE DOS PAÇOS DO CONCELHO

Sessão Solene de Abertura das Comemorações

Participação dos representantes das entidades e instituições organizadoras:

Câmara Municipal de Setúbal / AMRS – Associação de Municípios da Região de Setúbal / MAEDS – Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal / ADSTB – Arquivo Distrital de Setúbal / LASA – Liga de Amigos de Setúbal e Azeitão / UNISETI – Universidade Sénior de Setúbal – CIMM

 

31 DE MARÇO, SEXTA-FEIRA, 21H30 - MUSEU DE ARQUEOLOGIA E ETNOGRAFIA DO DISTRITO DE SETÚBAL

Conferência – “Revisitando a Setúbal de Seiscentos: Almeida Carvalho e Outros Olhares”

Professora Doutora, Laurinda Abreu – Universidade de Évora

 

3 DE ABRIL, SEGUNDA-FEIRA, 15H00 (Abertura) - ARQUIVO DISTRITAL DE SETÚBAL (SALA POLIVALENTE)

Mostra Documental sobre João Carlos d’Almeida Carvalho

De Segunda a Sexta-feira, das 9h00 às 12h30 e das 13h30 às 17h00

 

28 DE ABRIL, SEXTA-FEIRA, 21H30 - BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL DE SETÚBAL

Conferência – “Setúbal, no Tempo d’Almeida Carvalho”

Professor Doutor Albérico Afonso Costa - Escola Superior de Educação/Instituto Politécnico de Setúbal

 

19 DE MAIO, SEXTA-FEIRA, 21H30 - ASSOCIAÇÃO DE SOCORROS MÚTUOS SETUBALENSE

Conferência – “Almeida Carvalho e o pioneiro mutualismo local”

Carlos Mouro, Investigador da História Local

 

16 DE JUNHO, SEXTA-FEIRA, 21H30 - BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL DE SETÚBAL

Conferência – “O Jornalismo no Século XIX”

Professora Doutora, Helena Sousa Freitas – Jornalista

 

2 DE SETEMBRO, SÁBADO, 16H00 (Abertura) - MAEDS – Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal / AMRS

Exposição Biobibliográfica sobre João Carlos d’Almeida Carvalho

De Terça a Sexta-feira, das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

Sábados, das 14h00 às 18h00

 

8 e 9 DE SETEMBRO, SEXTA-FEIRA E SÁBADO, das 9h00 às 18h00 - AUDITÓRIO DO ANTIGO QUARTEL DE INFANTARIA 11

In Memoriam Almeida Carvalho – Encontro de Estudos de Arqueologia e História da Região de Setúbal

 

9 DE SETEMBRO, SÁBADO, 21H30 - (LOCAL A DESIGNAR)

Concerto de Encerramento com interpretação de obras do repertório musical contemporâneo de João Carlos d’Almeida Carvalho

 

COMISSÂO DE HONRA

 

Luís Filipe de Castro Mendes – Ministro da Cultura*

Rui Garcia – Presidente do Conselho Diretivo da AMRS - Associação de Municípios da Região de Setúbal

Rogério da Palma Rodrigues – Presidente da Assembleia Municipal de Setúbal

Maria das Dores Meira – Presidente da Câmara Municipal de Setúbal

Pedro Pina – Vereador (Área da Cultura) da Câmara Municipal de Setúbal

Rui Canas – Presidente da União de Freguesias de Setúbal

Nuno Costa – Presidente da Junta de Freguesia de S. Sebastião

Maria Lídia Ferreira Sequeira – Presidente do Conselho de Administração da APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra

Hans-Peter Buehler e Marion Brockhaus – Fundação Buehler-Brockhaus

João Abreu - Diretor do jornal “O Setubalense”

 

COMISSÂO CIENTÍFICA

 

Albérico Afonso Costa – IPS / Instituto Politécnico de Setúbal

Ernesto Castro Leal – UL / Universidade de Lisboa

Glória Santos – ADSTB / Arquivo Distrital de Setúbal

Joaquina Soares – Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal/ Associação de Municípios da Região de Setúbal /UNIARQ – Universidade de Lisboa

Laurinda Abreu – CEHC / Universidade Évora

Victor Gonçalves, Arqueólogo – Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

 

COMISSÂO EXECUTIVA

 

António Cunha Bento – LASA - Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão

A. H. Quaresma Rosa – UNISETI/CIMM

Carlos Mouro – Investigador de História Local

Carlos Tavares da Silva – Centro de Estudos Arqueológicos – MAEDS/AMRS

Horácio Manuel Jorge da Pena – Serviço Municipal de Bibliotecas e Museus CMS – DCED

Joaquina Soares – MAEDS/AMRS

Luís Liberato Baptista – Diretor do DCED – Departamento de Cultura da Câmara Municipal de Setúbal

 

 

Marque já na sua agenda... Contamos com a sua presença.

 

 

 

Comemorações do Dia Internacional das Mulheres 2017

 

 

 

Conferência sobre "Arqueologia da Baía de S. Torpes".

 

Por Carlos Tavares da Silva

Museu Nacional de Arqueologia, Sábado dia 4 de Março, 15:30 horas

 

Entrada Livre.

No âmbito do encerramento da exposição "Memórias da Praia de S.Torpes".

 

 

A não perder... Sextas de Arte e Ciência. 24 Fevereiro, 21h30, MAEDS

 

"Pintura e Medicina"

Com Dr. António M. D. Poças

 

José Poças nasceu no Porto em 1958 e vive em Setúbal desde 1982.

É médico especialista em Medicina Interna, Doenças Infeciosas e Medicina do Viajante.

Presentemente, é Director de Serviço de Infeciologia no Hospital São Bernardo em Setúbal.

É um apaixonado pelos diversos temas da História, sobretudo da epopeia dos Descobrimentos e, em particular pela figura de Cristóvão Colombo.

É um ávido leitor, sobretudo de romances históricos, apreciando muito aprofundar o sentido das citações de autores célebres que utiliza nas suas palestras.

Inspirado por uma viagem a São Tomé e Príncipe e por muitos momentos que marcam a sua carreira médica, José Poças mergulhou até à parte mais profunda da sua própria memória e escreveu "Ode ou Réquiem", alegoria sobre a natureza do acto médico, a propósito de algumas históricas clínicas reais.

 

 

 

Agende... Mariscar SEM Lixo, Domingo, 19 de fevereiro - Carrasqueira

 

A Ocean Alive lança mais um desafio em uma ação de sensibilização e limpeza do porto palafítico da Carrasqueira, enquadrada na campanha “Mariscar SEM Lixo”.

Esta iniciativa irá realizar-se este domingo, dia 19, e conta com a participação de voluntários e da comunidade piscatória local, pretendendo acabar com o mau hábito dos mariscadores em deixar as embalagens de sal na maré.

Em 2016 participaram 645 voluntários e foram retiradas mais de 20000 embalagens de sal do estuário do Sado.

As inscrições deverão ser efectuadas até ao final do dia 16 de Fevereiro, existindo transporte gratuito entre Setúbal-Carrasqueira-Setubal em 3 horários distintos.

 

Inscrições aqui...

 

 

 

SÁBADOS NO MUSEU... 11 de Fevereiro. Contamos com a sua presença.

 

16h00- Apresentação da exposição:

Homenagem à Arquitecta Teresa Beirão "UMA OBRA DEDICADA À ARQUITECTURA EM TERRA"

 

17h00- Conferência "Imigração Contemporânea para Portugal: menos trabalhadores, mais investidores e... refugiados?"

Prof. Doutor Jorge Malheiros (Universidade de Lisboa)

 

 

 

 

Marque já na sua agenda...

 

 

28 JANEIRO, 16H00, MUSEU NAVAL, ALMADA.

 

Conferência

"FENÍCIOS NO BAIXO SADO"

 

Por Carlos Tavares da Silva (MAEDS/ CEA)

 

Será também uma oportunidade para visitar um dos mais originais Museus do Distrito de Setúbal. Desfrute da magnífica vista sobre Lisboa desde a margem do Tejo.

Nota: Conferência integrada no ciclo "Conversas no Museu", organizado pelo Museu Naval de Almada.

 

Como chegar

Para usufruir desta paisagem poderá chegar a Cacilhas de barco, através do cacilheiro ou ferry-boat que efectua a ligação fluvial com o Cais do Sodré, e cujo percurso varia entre 10 a 15 minutos, e seguir a pé pela Rua do Gingal em um percurso ribeirinho de 1,25 km. A partir de Lisboa também poderá utilizar os autocarros dos Transportes do Sul do Tejo, com partidas da Praça de Espanha (152), Praça do Areeiro (160) ou Cidade Universitária (176) que terminam junto a Almada Velha, fazendo-se o restante percurso a pé e com a utilização do elevador panorâmico de Olho de Boi - junto à Casa da Cerca, que oferece uma deslumbrante panorâmica sobre o Tejo e a cidade de Lisboa. Outra alternativa de percurso para as chegadas às imediações de Almada Velha, a partir quer de Cacilhas, quer da rotunda centro-sul (junto à estação da Cova da Piedade) faz–se pela utilização do Metro Transportes do Sul.

 

Localização

Museu Naval

Olho de Boi - Ginjal

2800-205 Almada

 

Coordenadas GPS

38° 41' 2.350" N 9° 9' 40.658" W

 

 

SÁBADOS NO MUSEU

Ciclo de conferências

 

 

O Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal/Associação de Municípios da Região de Setúbal promove o ciclo de conferências "Sábados no Museu...", a primeira conferência terá lugar no dia 21 Janeiro, 16h30 no MAEDS. Contamos com a presença de todos.

 

21 Janeiro. 16h30

"Setúbal sob jurisdição da Ordem Militar de Santiago na Idade Média: a estruturação de um núcleo portuário urbano”

 

Dra. Ana Cláudia Silveira (Doutoranda de História Medieval, FCSH)

Nasceu em Angola em 1972, licenciou-se em História na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, em 1994, sendo pós-graduada em História Medieval na mesma instituição. Encontra-se atualmente a preparar uma dissertação de doutoramento em História Medieval, desenvolvendo investigação sobre Setúbal sob orientação da Professora Doutora Amélia Aguiar Andrade. É membro do Instituto de Estudos Medievais da Universidade Nova de Lisboa.Tem vindo a interessar-se pela investigação de temáticas centradas na organização e desenvolvimento dos espaços litorais, na gestão territorial promovida pela Ordem Militar de Santiago nos seus domínios e na relação da instituição com outras esferas de poder. Recebeu, em 2016, o Prémio de História Alberto Sampaio com o trabalho “Lavrar o Mar: a dinâmica da produção de sal em Setúbal no contexto dos salgados portugueses. Etapas de uma afirmação internacional”.

 

Entrada Livre

 

Organização MAEDS/AMRS

 

 

A não perder...

 

 

SAIBA MAIS SOBRE A NOSSA CULTURA MARÍTIMA...

14 JANEIRO, 16H00, MUSEU NAVAL, ALMADA.

Marque já na sua agenda.

 

Conferência

"UMA CULTURA MARÍTIMA ANCESTRAL: MODO DE VIDA ANFÍBIO NO NEOLÍTICO DO ESTUÁRIO DO TEJO"

 

Por Joaquina Soares (MAEDS)

 

Será também uma oportunidade para visitar um dos mais originais Museus do Distrito de Setúbal. Desfrute da magnífica vista sobre Lisboa desde a margem do Tejo.

Nota: Conferência integrada no ciclo "Conversas no Museu", organizado pelo Museu Naval de Almada.

 

Como chegar

Para usufruir desta paisagem poderá chegar a Cacilhas de barco, através do cacilheiro ou ferry-boat que efectua a ligação fluvial com o Cais do Sodré, e cujo percurso varia entre 10 a 15 minutos, e seguir a pé pela Rua do Gingal em um percurso ribeirinho de 1,25 km. A partir de Lisboa também poderá utilizar os autocarros dos Transportes do Sul do Tejo, com partidas da Praça de Espanha (152), Praça do Areeiro (160) ou Cidade Universitária (176) que terminam junto a Almada Velha, fazendo-se o restante percurso a pé e com a utilização do elevador panorâmico de Olho de Boi - junto à Casa da Cerca, que oferece uma deslumbrante panorâmica sobre o Tejo e a cidade de Lisboa. Outra alternativa de percurso para as chegadas às imediações de Almada Velha, a partir quer de Cacilhas, quer da rotunda centro-sul (junto à estação da Cova da Piedade) faz–se pela utilização do Metro Transportes do Sul.

 

Localização

Museu Naval

Olho de Boi - Ginjal

2800-205 Almada

 

Coordenadas GPS

38° 41' 2.350" N 9° 9' 40.658" W

 

 

Convite/ Invitation

 

Temos o prazer de convidá-lo a participar no SIMPÓSIO dedicado a MUSEUS, INVESTIGAÇÃO e EDUCAÇÃO. O objectivo deste encontro é reflectir sobre o papel dos Museus na sociedade contemporânea, com particular enfoque nas funções de Investigação e Educação perspectivadas a diferentes escalas. Será uma oportunidade para os especialistas partilharem informações e debaterem tópicos relevantes. O Simpósio "Museus, Investigação & Educação" será realizado nos dias 6, 7 e 8 de Abril no Fórum Municipal Romeu Correia em Almada.

 

We are pleased to invite you to participate in a SYMPOSIUM dedicated to MUSEUMS, RESEARCH and EDUCATION. The aim of this meeting is to reflect about Museums in contemporary society with a particular focus on Research and Education functions analysed at different scales. It will be an opportunity for specialists to share information and debate relevant topics. The Symposium Museum, Research and Education will be held on 6, 7 and 8 April at the Romeu Correia Municipal Forum in Almada.

 

 

Apresentação/ Objectivos

 

Em uma iniciativa conjunta, o Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal (MAEDS)/Associação de Municípios da Região de Setúbal (AMRS), o Fórum Intermuseus do Distrito de Setúbal (FIDS), os Museus Municipais de Almada (Câmara Municipal de Almada), o ICOM-Portugal e a Associação Portuguesa de Museologia (APOM) decidiram levar a efeito um simpósio de reflexão sobre o papel dos Museus na sociedade contemporânea, com particular enfoque nas funções Investigação e Educação, perspectivada às escalas local, regional e global. A vitalidade da entidade museológica e a sua capacidade de resistir ao desgaste rápido das materialidades imposto pela sociedade de consumo reside em primeiro lugar na investigação, via para a criação do novo, para a consolidação do conhecimento e conservação da Memória colectiva. O importante papel desempenhado pelos museus na educação formal, não-formal e informal, através da integração de múltiplas valências, transformaram o espaço museal em lugar-central da educação para a cidadania, ao longo da vida e de acordo com as livres escolhas dos seus públicos. É pois um dos raros polos de liberdade no quadro urbano em que nos movemos. Partindo das premissas anteriores pretende-se que o Simpósio seja um tempo de debate teórico, partilha de experiências, transferência de informação e (porque não?) incubação de inovações para este sector de actividade cultural.

 

Introduction

 

In a joint initiative of the Museum of Archaeology and Ethnography of the District of Setúbal (MAEDS) / Association of Municipalities of the Region of Setúbal (AMRS), Inter-museums Forum of the Setúbal District (FIDS), Municipal Museums of Almada (Municipality of Almada), International Council of Museums Portugal (ICOM-Portugal) and the Portuguese Association of Museology (APOM) decided to hold a Symposium to reflect about Museums in contemporary society with a particular focus on Research and Education functions analysed on local, regional and global scales. The vitality of museums and its ability to resist the rapid erosion of the materialities provoked by the consumer society lies prioritory in research, by means of innovation, knowledge certification and preservation of the Collective Heritage and Memory. The important role played by museums in non-formal and informal education through the integration of multiple values has transformed the museum space into a central place of education for citizenship, throughout life and in accordance with the free choices of its publics. It is therefore one of the rare poles of freedom in the urban framework in which we move. Based on the previous premises it is intended that the Symposium will be a time for debate, sharing of experiences, transfer of information and (why not?) incubation of innovations for this sector of cultural activity.

 

Organização

 

Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal (MAEDS) / Associação de Municípios da Região de Setúbal(AMRS); Forum Intermuseus do Distrito de Setúbal (FIDS); Divisão de Museus e História Local (Câmara Municipal de Almada); ICOM-Portugal e Associação Portuguesa de Museologia (APOM).

 

 

Organization

 

Museum of Archeology and Ethnography of the District of Setúbal (MAEDS) / Association of Municipalities of the Region of Setúbal (AMRS); Inter-museums Forum of the Setúbal District (FIDS); Museums and Local History Division (Municipality of Almada); International Council of Museums Portugal (ICOM-Portugal) and the Portuguese Association of Museology (APOM)

 

Comissão Organizadora/Organizing Committee:

 

Joaquina Soares, Mário Antas, Luís Pequito e João Neto.

 

Comissão Científica/ Scientific Commission:

 

Ana Carvalho (Universidade de Évora / University of Évora)

Alice Semedo (Faculdade de Letras da Universidade do Porto / Faculty of Arts of the University of Porto)

António Carvalho (Museu Nacional de Arqueologia e UNIARQ / National Museum of Archeology and UNIARQ)

António Nabais (APOM)

António Camões Gouveia (FCSH da Universidade Nova de Lisboa / FCSH of the New University of Lisbon)

António Martinho Baptista (Museu do Côa Parque / Côa Park Museum)

Carlos Tavares da Silva (MAEDS / AMRS e/and UNIARQ)

Joana Monteiro (Museu de Lisboa / C.M.Lisboa/ Museum of Lisbon)

João Neto (APOM / Museu da Farmácia / Museum of Pharmacy)

Joaquina Soares (MAEDS / AMRS e/and UNIARQ)

José Alberto Ribeiro (ICOM-Portugal e Museu-Palácio da Ajuda/Ajuda Palace Museum)

Luís Pequito (DMHL/C.M.Almada e IHC/CEHFCI da Universidade de Évora/University of Évora)

Luís Raposo (ICOM Europa)

Mário Antas (ICOM-CECA Europa)

Mário Moutinho (Universidade Lusófona / Lusófona University)

Rui Parreira (Direcção Regional de Cultura do Algarve / Regional Directorate of Culture of the Algarve)

Vítor Serrão (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa / Faculty of Letters of the University of Lisbon)

 

Comissão Executiva/Executive comission:

 

Ana Férias (MAEDS/AMRS)

Antónia Coelho-Soares (MAEDS/AMRS)

António Camarão (Espaço Memória / C.M.Barreiro/Municipality of Barreiro)

Clara Santos (C.M.Moita/Municipality of Moita)

Fátima Afonso (Ecomuseu do Seixal/C.M.Seixal/Seixal Ecomuseum /CMS)

Fátima Contramestre (C.M.Montijo/Municipality of Montijo)

Fernanda do Vale (C.M.Santiago do Cacém/Municipality of Santiago do Cacém)

Joana Esteves (DMHL/C.M.Almada)

João Ventura (Museu Municipal de Sesimbra/ C.M.Sesimbra/ Municipality of Sesimbra)

José Matias (C.M.Santiago do Cacém/Municipality of Santiago do Cacém)

Luís Barros (DMHL/C.M.Almada/Municipality of Almada)

Lurdes Lopes (C.M.Barreiro/Municipality of Barreiro)

Michelle Santos (Museu Municipal de Palmela/ C.M.Palmela/ Municipality of Palmela)

Miguel Correia (Museu Municipal Alcochete/C.M.Alcochete/Municipality of Alcochete)

Paula Covas (MAEDS/AMRS)

Susana Duarte (MAEDS/AMRS)

Teresa Rita Pereira (MAEDS/AMRS)

 

PROGRAMA PROVISÓRIO/ PROVISIONAL PROGRAMME:

 

Dia 6 de Abril/ April 6th

Recepção dos conferencistas/Reception of participants - 9h00

Sessão de abertura/Opening session - 9h30-10h00

Participação da Coordenação, dos Presidentes da AMRS e da Câmara Municipal de Almada/Participation of the Coordination, the Presidents of AMRS and the Municipality of Almada.

 

Intervalo para café/ Coffee break

 

Conferência inaugural “Património e museologia, uma perspectiva global” Conferencista a designar/ Inaugural conference "Heritage and museology, a global perspective", lecturer to designate - 10h30-11h30

 

Sessão de Comunicações “Património e Museologia”/Communications Session "Heritage and Museology" - 11h30-13h30

Coordenação de/ coordinated by Mario Antas (ICOM-CECA Europa)

 

Almoço livre/Free lunch

 

Conferência “Didáctica museográfica”, por Joan Santacana (Universidade de Barcelona)/Conference "Didactic museography", by Joan Santacana (University of Barcelona) - 15h00-16h00

Sessão de Comunicações “Museus e Colecções”/Communications session "Museums and Collections" -16h15 - 18h00

Coordenação de/ coordinated by António Carvalho (MNA)

 

Visita aos Museus de Almada/Visit to the Museums of Almada - 18h00-20h00

 

Dia 7 de Abril/ April 7th

Sessão de comunicações “Experiências educativas em espaço museológico”/Communication session "Educational experiences in museum space" 9h30 -11h30

Coordenação de/coordinated by Luís Pequito (CMA)

 

Intervalo para café/ Coffee break

 

Sessão de comunicações “Museus: da investigação à educação” /Communications session "Museums: from research to education" - 11h45- 13h30

Coordenação de/coordinated by Joaquina Soares (MAEDS)

 

Almoço livre/Free lunch

 

Visita à Península de Setúbal/Visit to the Setúbal Peninsula. Orientação de/orientation by MAEDS- 15h00-19h00

 

Jantar volante/Flying dinner

 

Regresso a Almada pelas/Return to Almada at 22h00

 

Dia 8 de Abril/ April 8th

Sessão de comunicações “Museus: espaços de cidadania”/Communications session "Museums: spaces of citizenship" - 9h30 -11h30

Coordenação de/coordinated by João Neto (APOM)

 

Intervalo para café/ Coffee break

 

Encerramento com uma conferência de David Vuillame (ICOM) a confirmar/Closing session with conference by David Vuillame (ICOM) to be confirmed - 11h45- 13h00

 

Almoço livre/Free lunch

 

Visita pós-congresso à cidade de Lisboa, Museu Nacional de Arqueologia e peça de “Teatro Portugal em Míudos” (a confirmar) baseada num livro de José Jorge Letria/Post-congress visit to the city of Lisbon, National Archaeological Museum and a childhood theater "Portugal em miúdos" (to be confirmed) based on a book by José Jorge Letria. Free time to visit other museums in Belém.

 

INSCRIÇÕES

Línguas Oficiais: Português, Espanhol. Francês e Inglês

Inscrição gratuita

Inscrição sem comunicação ou poster: 30 Março. 2017

Inscrição com comunicação oral ou poster (com envio de resumo): 28 DE FEVEREIRO. 2017

Comunicações (15m)

Com resumo com c. de 300-400 palavras (incluindo até 5 palavras-chave) documento Word, letra Times New Roman, tamanho 12, espaçamento 1,5.

Posters (A0)

Envio para: maeds@amrs.pt

Informação sobre aceitação de comunicações: até ao dia 15 Março

 

REGISTRATIONS

Official languages: Portuguese, Spanish, French and English

Free Registration

Registration deadline - without communication or poster: MARCH 30th, 2017

Registration deadline for communication or poster - with abstract submission in two languages ( e. g. Portuguese and English): FEBRUARY 28th, 2017

Communications (15 minutes)

Abstract with approximately 300-400 words (including up to 5 keywords), Word document, Times New Roman letter, size 12, spacing 1.5.

Posters (A0)

Send it to: maeds@amrs.pt

Authors will be informed about their abstracts acceptance until the 31st of March

 

Contactos/ Contacts

MAEDS -Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal

Morada/Adress: Avenida Luisa Todi, nº 162. 2900-451 Setúbal, Portugal.

Telefone/phone: +351 265 239 365

Site: www.maeds.amrs.pt

Email: maeds@amrs.pt

 

Obs.: O texto segue as normas anteriores ao novo regulamento ortográfico.

 

 

Cruzar experiências na Arqueologia da Península de Setúbal...

 

O MAEDS colabora com conversas no Museu de Almada, nos dias 14 e 28 de Janeiro.

Marque já na sua agenda.

 

 

 

Site do Simpósio "Museus, Investigação e Educação"

 

http://simpom.maeds.amrs.pt/